bottaro_world_map.png

Palermo “a bela e imensa cidade”

Palermo “a bela e imensa cidade”

Com essas palavras, Idrisi, um geógrafo berbere que viveu no primeiro século do ano 1000, descreveu Palermo. E não por engano, porque séculos depois, em 2015, o sítio árabe-normando de Palermo, com as catedrais de Cefalù e Monreale, foi declarado Patrimônio da Humanidade pela UNESCO.

A antiga capital do Reino da Sicília, hoje é uma capital da história, da mistura cultural e das contradições, todos os elementos capazes de realçar o seu encanto e despertar o desejo de descobri-la nas suas múltiplas facetas.

 

 

Palermo: a integração cultural passa daqui

Fenícios, cartagineses, romanos, vândalos, bizantinos, árabes, normandos e espanhóis: a sucessão de tantos povos no território, durante séculos, permitiu que Palermo se desenvolvesse, com espírito aberto e cosmopolita, em tantos estilos artísticos e arquitetônicos quanto torna uma cidade única no mundo em termos de integração. Aqui estão as nossas propostas, para desfrutar plenamente “da bela e imensa cidade”:

• O Palácio Normando, cuja peculiaridade é aquela pequena joia representada pela Capela Palatina com as paredes e o teto decorados com magníficos mosaicos, todos em ouro.

• A Catedral, outro ícone da mistura cultural de estilos. Dentro você encontrará a cripta com a tumba do Rei Roger II e as joias do tesouro real.

• A Catedral de Monreale, com seu estilo árabe-normando, envolve as duas torres, o portal ogival e as portas de bronze em um magnífico marco arquitetônico. No interior, mais de 6.500 metros quadrados de mosaicos dourados adornam as paredes com cenas do Novo e do Antigo Testamento.

• Mercado Ballarò, um dos maiores e mais peculiares de Palermo. Se gosta de cores e procura boa comida e vinhos locais a preços imbatíveis, então este é o local para si.

• A Igreja de San Giovanni degli Eremiti: cúpulas vermelhas brilhantes e um estilo a meio caminho entre os muçulmanos e os normandos. O claustro e os jardins são ótimos para alguns momentos de tranquilidade após o agito do mercado.

• As Catacumbas dos Capuchinhos, certamente a visita mais incomum que recomendamos em Palermo. Quase 8.000 múmias de monges, homens, mulheres e crianças ainda bem preservadas e a serem mostradas penduradas nas paredes das catacumbas. Obviamente, esta visita não é adequada para crianças.